Território Bacia do Jacuípe detêm 6 dos 13 municípios baiano com mais propensão à transmissão espontânea da Dengue, Zika e chikungunya

Postado em:30/07/2015

Os municípios de Baixa Grande, Capela do Alto Alegre, Ipirá, Nova Fátima e Pé de Serra e Riachão do Jacuípe, aparecem entre os 13 municípios têm mais propensão à transmissão espontânea da doença, até esta data a Bahia já foi registrado 94.723 casos suspeitos de dengue, chukungunya e zika na Bahia até o fim de julho deste ano, conforme dados da Secretaria de Saúde (Sesab), que foram divulgados nesta quarta-feira (29). Do total, a maior parte é de dengue, que tem 50.896 casos suspeitos, seguida da zika, com 34.518 notificações. A chikungunya aparece com 9.312. As doenças são consideradas epidêmicas no estado, principalmente nas regiões centro-leste e leste.

Mais casos de chikungunya foram registrados em outras cidades, porém mantendo relação com Feira de Santana ou Riachão do Jacuípe, a exemplo de Alagoinhas, Brejões, Cachoeira, Conceição do Coité, Irecê e Santa Bárbara. Outros municípios que têm casos confirmados e permanecem em investigação quanto ao local provável de infecção: Cansanção, Gavião, Lauro de Freitas, Pintadas, Serrinha, Ichu, Retirolândia, Santaluz, Una, Banzaê, Cruz das Almas, Mata de São João e Ponto Novo.

Além dessas, o estado está em alerta também por conta da síndrome de Guillain-Barré (SGB), que pode causar alterações neurológicas com pacientes que contraíram a zika. Sobre a síndrome, a Bahia registrou 115 casos até o dia 23 de julho, sendo que 53 tiveram a doença confirmada, 24 descartadas e 32 ainda permanecem em investigação.


www.baciadojacuipe.com.br

Autor: Ediomário Cattureba

No ar das 5:30 às 22h de Dom. a Dom.



Entidade Mantenedora: Associação Beneficiente e Cultural Comunitária de Baixa Grande
Rua do CTL, 10 - Bairro Bela Vista - Baixa Grande - Ba
Rádio Comunitária Baixa Grande FM 87,9
Tel.: (74) 3258-1261 / 9981
Design: Catu Informática